Studio Andréa Cosimo

Dermografia Mamilar

Boa parte dos pacientes que se submeteram à “mastectomia” (retirada da mama), seja total ou parcial, precisará também de reconstrução da aréola e do mamilo, caso eles tenham sido distorcidos ou retirados, criando assim melhores condições estéticas possíveis para a mama operada, e nos de mamoplastia onde as cicatrizes são resultados indesejáveis, resgatando assim a auto- estima da mulher, a feminilidade e a melhora da qualidade de vida.

Após 4 a 6 meses do término da reconstrução da nova mama pelo cirurgião plástico, entra nosso trabalho com um procedimento técnicamente simples, implantando pigmentos na camada subepidérmica da pele através do auxílio de agulhas e de aparelho apropriado, é totalmente seguro, não traumático e de resultado estético imediato, porém o traço deverá adaptar-se à lesão e, de maneira nenhuma, poderá realizar um modelo comercial, observando detalhadamente as imperfeições, assim como as cicatrizes periareolares, os enxertos cirúrgicos e outros.

A técnica é eficaz em seus resultados e produz uma uniformidade na cor dos seios, deixando-o mais similar possível ao seio existente. Tem durabilidade de aproximadamente 2 anos, pois só atinge até a segunda camada da pele podendo ser prolongada por não sofrer influência dos raios solares.

Por ser um procedimento que trata uma região superficial e sensível, é importante evitar esfregar, coçar, nadar em mar ou piscina e banhos de água muito quente.

Dermografia Mamilar em Guarulhos

Para boa durabilidade, é importante respeitar o processo de cicatrização:

Não coçar ou esfregar a região após a realização da técnica;
Evitar banhos de mar ou piscina durante as duas primeiras semanas;
Evitar banhos de água muito quente durante a primeira semana;
Evitar se expor ao sol;
Não usar roupas muito apertadas evitando traumas na região;
É recomendado o uso de Bepantol Derma durante os 7 primeiros dias.

Para realizar o procedimento , é necessário prescrição médica.

Não é indicado para pessoas com diabetes, hipertensão, AIDS, hemofilia, leucemia, trombose, gota, que sofrem de alcoolismo e que tenham tumores cancerígenos.

Por isso, o trabalho no qual os seios recuperam os seus detalhes pode iniciar apenas quando o tratamento da doença é finalizado e somente o médico pode autorizar o procedimento.

O procedimento é rápido e indolor. Mesmo havendo pouca sensibilidade na região, é aplicado um anestésico local sobre a pele, para inibir qualquer desconforto.

Os próprios cirurgiões recomendam e encaminham os pacientes.

A micropigmentação de aréolas é uma grande aliada das cirurgias plásticas.